Homem globalizado, com que direito?

Eduardo Bittar fala sobre o surgimento e os valores do Direto moderno e do Direito contemporâneo. E a partir da análise destes dois períodos da história do Direito, discute as possibilidades de uma reforma judiciária nos dias de hoje.

Eduardo Bittar: livre-docente e doutor, professor associado do Departamento de Filosofia e Teoria Geral do Direito da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. É também professor titular de Filosofia do Direito da Faculdade de Direito da FAAP e pesquisador pela FAPESP nas Universidades de Lyon I e II e de Paris (Sorbonne III e III), na França, em 1999.

LEIA MAIS