0

O amor na era da sobrecarga

Esperamos muito do amor. Ele dá boa parte do sentido das nossas vidas. Como fazer para que ele possa ser parte de uma vida boa, que não seja tão privada, tão egoísta, mas leve em conta o outro, o bem comum e a coisa pública? Com o psicoterapeuta Ivan Capelatto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top